O amor sempre presente em textos da poeta Isabel Lago

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)

Sou portuguesa e vivo em Matosinhos, Portugal, uma cidade junto ao mar. Nasci  e estudei no Porto, uma cidade aqui ao lado, e que é a segunda cidade portuguesa. Sou casada e tenho duas filhas e três netos. Licenciei-me em Filosofia, em História e sou Mestre em História Medieval. Desde criança sempre gostei de ler e por isso aprendi rapidamente a escrever para poder contar histórias só minhas.

Fui professora a maior parte da minha vida. Com a aposentadoria passei a escrever sobre a história da minha cidade de que foram publicados 15 livros. Posteriormente, por um desafio que me fizeram, passei a escrever sobre a Devoção ao Bom Jesus de Matosinhos no Brasil. Desse trabalho nasceu um livro, publicado em Portugal que é o único trabalho conhecido sobre o assunto  e que se chama “Uma rota de fé “ A devoção ao Bom Jesus de Matosinhos no Brasil .

“Ao procurar o título lembrei-me de que na gramática a primeira forma dos verbos era o Presente do Indicativo. E Presente do Indicativo teria de ser o meu livro. Porque o Presente indicava-me um Futuro a ser…”

 

Boa leitura!

 

Escritora Isabel Lago, é um prazer contarmos com a sua participação na revista Divulga Escritor. Conte-nos, o que a motivou a ter gosto pela arte de escrever textos poéticos?

Isabel Lago - Shirley, desde criança que achava piada a rimar e jogava com isso. À medida em que fui crescendo  e com os primeiros amores passei a perceber que era sobre eles que gostava de escrever. E por isso dediquei-me à poesia de amores feitos e desfeitos. Nem sempre a gente acerta .

 

Em que momento se sentiu preparada para publicar “Presente do Indicativo”?

Isabel Lago - O “Presente do Indicativo” está escrito há anos. Como não tinha ambiente familiar para o publicar fui deixando passar o tempo.  Quando ultrapassei os 70 anos dei o “grito de Ipiranga” e decidi  arranjar um editor que me editou o primeiro livro de poesia “Voos”. Mas como estou muito ligada ao Brasil pela minha “Rota de Fé”[1] pensei em partilhar a minha poesia com essa gente do outro lado do Atlântico que me trata tão bem e de cujo intercâmbio poderei tirar alguns frutos e amizades.

O Presente do Indicativo nunca foi editado em Portugal. É um projecto de livro

 

Quais critérios foram utilizados para seleção dos textos poéticos publicados na obra?

Isabel Lago - Os meus são marcados pelo gosto/não gosto do que escrevo. Toda a minha escrita tem um critério base: o Amor. E escrever para mim é muito fácil. A partir de um som, de uma palavra perdida ou de uma frase que me emocione, a poesia sai.

           

Como foi a escolha do título para o livro?

Isabel Lago - Ao procurar o título lembrei-me de que na gramática a primeira forma  dos verbos  era o Presente do Indicativo. E Presente do Indicativo teria de ser o meu livro. Porque o Presente indicava-me um Futuro  a ser…

Compõe-se de 36 textos todos de temática sobre o amor.

 

Apresente-nos  um dos textos publicados em “Presente do Indicativo”?

Quando acordei do amor

senti de novo o apelo do teu corpo

que pouco antes se tinha descolado do meu.

Procurei-te entre os lençóis.

A minha mão encontrou a tua

e atraíste-me com doçura

afogando-me de novo num longo abraço.

Mais uma vez perdemos a noção do tempo,

do dia e da noite,

da aurora e do ocaso

 

Sabemos que cada texto tem um pedacinho da autora. Comente sobre o momento de criação deste texto.

Isabel Lago -  “Foi um momento de entrega a um amor plenamente correspondido

 

Quais os seus próximos projetos literários?

Isabel Lago - Publicação no próximo  Dezembro em Matosinhos de um novo livro : “No mesmo silêncio”

Convite lancamento Isabel Lago

 

Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista. Muito bom conhecer melhor a escritora Isabel Lago. Agradecemos sua participação na Revista Divulga Escritor. Que mensagem você deixa para nossos leitores?

Isabel Lago -  “Vale a pena ler ler poesia… mas escrevê-la é muito mais alucinante.“

 

Divulga Escritor, unindo você ao mundo através da Literatura

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

[1] Livro que publiquei em 2003 sobre a Devoção ao Bom Jesus de Matosinhos no Brasil

 

 

linkedin

Em destaque

logo com o ISSN

Recanto da Lusofonia logomarca

Editoras - Portugal

Editoras - Brasil

 

 

 

 Renova Livro carto

 

 

Portal Literário - Um Mundo literário ao seu alcance

 

Autor parceiro
Tito Mellão Laraya

 Imagem Tito Laraya