'Sonhos e estranhezas' um livro que vem trazendo em cada verso uma lição de vida

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)

Carlos Jorge Gomes Azevedo, médico reformado, nasceu em 30 de abril de 1949, em Góis, distrito de Coimbra, Portugal.

Pela Editora Chiado, Azevedo publicouos livros de poesia: “Alma a nu”; “Perdido em meandros”; “Máscaras”; “Fantasmas e fantasias” e “Sonhos e estranhezas”.

Participou na 6ª e 7ª ediçõesda antologia “Entre o sono e o sonho”, da Editora Chiado, e na colectânea “Do mosto à palavra”, da mesma editora e em várias antologias, quer emnível nacional quer em nível internacional, assim como em várias revistas literárias.

“...tratar temas transversais, vulnerabilidades e desigualdades; fazer de cada poema uma pequena história que esconda uma lição.”

Boa Leitura!

 

Escritor Carlos Jorge Azevedo, é um prazer contarmos com a sua participação na revista Divulga Escritor. Conte-nos, o que mais o encanta na arte de escrever?

Carlos Jorge - É na poesia que atinjo o êxtase mais facilmente, consigo expressar-me genuinamente e deixo escapar o turbilhão de emoções que me inunda e vou ao encontro do outro, tentando travar empatia com ele…

 

Quais critérios foram utilizados para a seleção dos textos poéticos apresentados em seu livro “Sonhos e Estranhezas”?

Carlos Jorge - Criatividade, emotividade; tentar entender o ser humano, interpretar os gestos, as expressões faciais, o sorriso; tratar temas transversais, vulnerabilidades e desigualdades; fazer de cada poema uma pequena história que esconda uma lição.

 

Quais temáticas estão sendo abordadas nesta obra literária?

Carlos Jorge - Essencialmente os sentimentos que assolam o ser humano, desde a angústia, à tristeza até afantasia, ao sonho, à esperança.

 

Como foi a escolha do título?

Carlos Jorge - O título tem muito a ver com o já referido e com as frases da capa e contracapa. Na capa: “…torpe é o que bate no peito e só pede para si, incapaz de olhar à volta e de se ver ao espelho…”.

Na contracapa: “…pecados quem os não teve ou na mente os engendrou…são como fruta bichada que urge extirpar e enterrar…”.

A imagem da capa é elucidativa: um par de bailarinos, a lápide e o entardecer num céu esbraseante, tingido de púrpura…

 

Apresente-nos um dos textos publicados em “Sonhos e Estranhezas”.

Ritual

Toco-lhe ao de leve

Desnuda-se

Uma a uma

Deixa cair as peças

Que guarnecem o corpo esbelto

Entra-me pela pele

O roçagar do vestido

Desvairo

Sou só instinto puro

Uivo animalesco

Desvisto-me e corro

E vou ao encontro dela

Entro em arrebatamento

Ao aspirar o seu odor

E é em aceleração desenfreada

Que misturamos toques e carícias

E que nos entrelaçamos

E só depois do ritual

Serenamos lado a lado

Olhando o céu profundo, estrelado...

 

Você possui outros livros publicados. Apresente-nos os títulos e segmento.

Carlos Jorge - “Alma a nu”, um conjunto de 80 poemas que vão desde o mar, perto do qual nasci e que não canso de recordar, até ao açude do rio, na aldeia longínqua;“Perdido em meandros”, textos de poesia em que se descrevempercepções e sensações vivenciadas na cidade de Espinho; “Máscaras”, poemas em que afundo em interrogações, procurando sondar incertezas; e“Fantasmas e fantasias”, poemas que enaltecem e cantam desde o vinho, a pedra esquecida, o malabarista no píncaro da sua interpretação, gorjeios das aves e uma multiplicidade de perplexidades.

 

Onde podemos comprar seus livros?

Carlos Jorge - Na Chiado Editora(www.chiadoeditora.com) e também nas livrarias

ALMEDINA|BERTRAND|BULHOSA|FNAC|WOOK

 

Quais os seus principais objetivos como escritor?Pensa em publicar novos livros?

Carlos Jorge -Sim, parar de escrever seria morrer.

 

O que a escrita representa para você?

Carlos Jorge - A escrita é uma escapadela, mas acima de tudo um enorme prazer. Em momentos de isolamento, de reflexão, em que as dúvidas nos atormentam, o melhor remédio é escrever, entrar no paraíso encantado, e aí os sonhos arrastam-nos a não mais parar…

 

Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista. Muito bom conhecer melhor o escritor Carlos Jorge Azevedo. Agradecemos sua participação na Revista Divulga Escritor. Que mensagem você deixa para nossos leitores?

Carlos Jorge - Continuem a ler e irãodescobrir novos centros de interesse. Sobretudo não deixem de sorrir e olhar para aquele que caminha ao seu lado. Não hesitem em estabelecer diálogo…

 

Divulga Escritor, unindo você ao mundo através da Literatura.

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Vídeo em Destaque

linkedin

Em destaque

logo com o ISSN

Recanto da Lusofonia logomarca

Editoras - Portugal

Editoras - Brasil

 

 

 

 Renova Livro carto

 

 

Portal Literário - Um Mundo literário ao seu alcance

 

Autor parceiro
Tito Mellão Laraya

 Imagem Tito Laraya