A Amazonia é destaque que cativa no enredo de 'Segunda Chance'

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)

Geovani Silva nasceu em Belo Horizonte (MG), em 1977. É autor do livro “Segunda Chance”, publicado pela editora Multifoco. Participou de duas antologias, Aquarela e Utopia, pela Andross Editora. Escreveu contos e crônicas e só depois aventurou-se em um livro solo.

Desde muito cedo interessou-se pela arte. Entre desenhar e pintar quadros a óleo surgiu a necessidade inerente de contar histórias. Assim, mais tarde abraçou a escrita e não largou mais. Descobriu que escrever não era só pôr palavras no papel e sim criar mundos, fantasias e viajar para o seu próprio interior e encantar pessoas.

“Coisas que a gente observa no dia a dia. O escritor é um incansável observador da vida, de gente e principalmente dele mesmo.”

 

Boa Leitura!

 

Escritor Geovani Silva, é um prazer contarmos com a sua participação na Revista Divulga Escritor. Conte-nos, o que mais o atrai na arte de escrever?

Geovani Silva - O prazer é todo meu de ter esta oportunidade de mostrar uma parcela de meu trabalho. O ato de criar uma fantasia, de dar vida a personagens, de poder passar uma mensagem por meio do texto e ao mesmo tempo encantar o leitor, sem dúvida alguma, é o que mais me atrai.

 

O que o inspirou a escrever o seu livro “Segunda Chance”?

Geovani Silva - Não sei bem. Penso que foi o drama familiar mesmo. Essa vivência do cotidiano, coisas banais que ninguém dá bola e que podem se transformar num pesadelo. Coisas que a gente observa no dia a dia. O escritor é um incansável observador da vida, de gente e principalmente dele mesmo.

 

Apresente-nos a obra.

Geovani Silva – “Segunda Chance” é um livro envolvente, dinâmico e intenso, que trata do instinto de sobrevivência mesmo. John é um pai frio e distante da esposa e de seu filho de oito anos, porque ele dedica muito tempo à sua empresa. Um dos fatores é que ele confia demais nas pessoas, até mesmo em quem não conhece, e por isso tem sua vida revirada ao avesso quando toda a sua família, inclusive ele, é seqüestrada e levada para a floresta amazônica. Sem o que comer e beber, depois de escapar sozinho, John luta contra os sequestradores durante a fuga, enfrentando o mau tempo e num lugar totalmente desconhecido.Agora ele terá pouco tempo para encontrar sua família e salvá-la das garras dos terríveis bandidos; e isso desperta seu lado negro, tendo que fazer coisas horríveis. Então, “Segunda Chance” passa o conceito desse drama familiar em que as famílias estão afastadas e divididas pelos bens materiais e pela culpa. E que paradoxalmente precisa-se de algo que os sacuda e lhes dê uma segunda chance para que reencontrem o caminho do amor e da virtude.

 

Qual o principal objetivo a ser alcançado com a publicação de “Segunda Chance”?

Geovani Silva - Que este livro alcance todos os leitores possíveis. Que falem dele, que compartilhem. Que digam: “nossa! Você leu ‘Segunda Chance’, de Geovani Silva? Vale a pena dar uma conferida”. Também que desperte algo mais, que passe aquele “clic” de “olha lá como tá a floresta amazônica, toda destruída! Temos que fazer alguma coisa”. Não só este senso mesmo de cuidar da natureza, mas que deixe uma mensagem sobre o que é mais importante na família.

 

Qual o momento, enquanto escrevia o livro, que mais o marcou?

Geovani Silva - Ah, muitos. No entanto, a parte em que a criança é encontrada perdida na floresta pelos bandidos, faminta, suja e com sede foi emocionante. Falar sobre crianças sempre me marca, sabe? Maus-tratos, humilhação e violência, seja ela física ou psicológica, deixa a gente fora do sério. Mas uma criança que argumenta, questiona e até coloca gente grande em seu lugar é um barato (risos).

 

Por que você optou pela Amazônia como pano de fundo para o seu livro “Segunda Chance”?

Geovani Silva - Eu queria escrever uma história que se passasse em um lugar diferente, totalmente hostil para quem não tem nenhum preparo para estar lá. Inclusive o protagonista se vira apenas com o que aprendeu ao assistir um documentário na TV a cabo. Em parte, o filho de apenas oito anos se perde na floresta, imagine como um pai se sentiria passando por isso.

 

Você também fala que “se alguém nos ajuda a viver, temos uma dívida impagável com essa pessoa”.Em que momento isso se torna real para Dener?

Geovani Silva - Antes de morrer, sua mãe falou essa frase para ele. É uma espécie de idiossincrasia. Como uma direção, algo no qual ele se apega para andar no caminho certo.

 

De seus personagens que me chamaram bastante atenção, um foi o Bill. Ele é dono de uma personalidade complicada; como foi para você compor isso e abordar a religião, assunto polêmico para muitos?

Geovani Silva - Foi realmente muito satisfatório trabalhar na construção de sua personalidade. Fiz muitas pesquisas, até mesmo sobre terroristas e psicopatas para compô-lo.A religião, de fato, é assunto difícil de abordar de uma forma que não fira as crenças de alguém. Mas é bem verdade que em nome da religião tem havido muita discriminação e intolerância, e isso leva à violência física. O ser humano não deve ser julgado por suas crenças, mas pelos seus atos dentro de sua crença, que devem merecer julgamentos.

 

Onde podemos comprar o seu livro?

Geovani Silva -“Segunda Chance” está disponível no site da editora Multifoco.

https://editoramultifoco.com.br/loja/product/segunda-chance/

No entanto, quem quiser poderá adquiri-lo comigo, autografado, pelo meu perfil do facebook, twitter ou pelo meu e-mail.

https://www.facebook.com/GeovaniSilvaEscritor

https://twitter.com/Autor_Geovani

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Também disponibilizo meus contos e crônicas no Recanto das Letras.

https://www.recantodasletras.com.br/autores/geovanisilva

 

Quais os seus principais objetivos como escritor; você pensa em publicar novos livros?

Geovani Silva - Ser reconhecido e lido mundialmente. Penso sim em publicar novas histórias. Estou atualmente trabalhando em dois livros. Um romance policial e uma trilogia, sendo que o primeiro da saga está terminado. Em breve dareinotícias sobre ele.

 

Quais os principais hobbies do autor Geovani Silva?

Geovani Silva – Escrever, é claro,ouvir música e assistir a bons seriados com minha esposa.Amo brincar de pintar e desenhar com minha filha.

 

Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista. Muito bom conhecer melhor o escritor Geovani Silva. Agradecemos sua participação na Revista Divulga Escritor. Que mensagem você deixa para nossos leitores?

Geovani Silva - Que amo quando recebo alguma mensagem de um leitor falando do meu trabalho, fazendo perguntas. O leitor é especial para mim. Aquele que tira seu tempo para dar uma chance ao trabalho de um autor merece todos os elogios. E que leiam o autor nacional. Leio muitos deles, e realmente há muitas histórias de tirar o fôlego por aí. Muito obrigado. Para mim foi um imenso prazer responder a esta entrevista.

 

Divulga Escritor, unindo você ao mundo através da Literatura

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Vídeo em Destaque

linkedin

Em destaque

logo com o ISSN

Recanto da Lusofonia logomarca

Editoras - Portugal

Editoras - Brasil

 

 

 

 Renova Livro carto

 

 

Portal Literário - Um Mundo literário ao seu alcance

 

Autor parceiro
Tito Mellão Laraya

 Imagem Tito Laraya