JackMichel integra Academia Mundial de Cultura e Literatura

JackMichel “A Escritora 2 em 1” ocupa na AMCL (Academia Mundial de Cultura e Literatura) a cadeira nº 31 e tem, como patrono, o cantor Mario Reis. Como membro desta instituição, deu uma entrevista exclusiva à Academia. Confira na íntegra.

 Uma pequena apresentação sua. 

JackMichel - Saudações. JackMichel é o primeiro grupo literário na história da literatura mundial composto por duas autoras: Jaqueline “Jack” Ramos, com seu itvisionário e utopista, e Micheline “Michel” Ramos, com seu raciocínio crítico-analítico. Aliando estes dois estilos diferentes teve-se a somatória de apenas um extraordinariamente sui generis na escrita. São irmãs e nasceram em Belém – PA (Brasil). O tema de sua obra é variado visto que têm livros escritos nos gêneros ficção, poesia, romance, fábula e conto de fadas. É associada da ACIMA (Associazione Culturale Internazionale Mandala), LITERARTE (Associação Internacional de Escritores e Artistas), AMCL (Academia Mundial de Cultura e Literatura) e UBE (União Brasileira de Escritores). Seus contos e poemas constam em antologias internacionais bilíngues. Também foi destaque em diversos jornais e revistas on-line de literatura, artes e cultura. Conquistou o 3º lugar no Concurso Cultive de Literatura “Prix ALALS de Littérature” e o 1°lugar no II Festival de Poesia de Lisboa. Seu slogan é “A Escritora 2 Em 1”.

Defina o processo da sua inspiração.

JackMichel - Jack e Michel não escrevem junto. A concepção de uma obra é planeada pelo know-how técnico e criativo de ambas; já o critério utilizado para a elaboração da escrita se dá unindo as cotas de texto a posteriori. Trocando em miúdos: às vezes, Jack escreve a maior parte de um livro e separa trechos para Michel preencher... outras, esta cria o título e aquela a compõem... de modo que, ao fim do trabalho, não se consegue detectar os enxertos realizados tão coesos são o primor formal e a estilística da expressão. Uma mescla perfeita tal qual o queijo com a goiabada, o café com o leite, o arroz com o feijão.

Tem livros publicados? Quais e quantos?

JackMichel - Até o presente momento lancei seis obras: Arco-Jesus-Íris pela Chiado Editora (2015),  LSD Lua1 Anjo MacDermotSorvete de Pizza Mentolado x Torpedo TomateOvo pela Drago Editorial (2016) e Papatiparapapá pela Editora Illuminare (2017). Mas ainda este ano farei dois lançamentos pela suíço-brasileira Helvetia Edições.

Já participou de alguma Antologia ou livros em parceria?

JackMichel - Tomei parte na antologia nacional Antologia Criticartes 2017 (Biblio Editora) e em sete antologias internacionais bilíngues: Amor & Amore (EdizioniMandala), Os Melhores Poemas de 2016 (ZL Editora), Faz de Conto II (Helvetia Edições), 1ª Antologia Cultive (Fast Livro), III Antologia Mulheres Pela Paz 2017Edição Especial - Fénix,Antologia de Poesia Brasileira Contemporânea Além da Terra Além do Mar (Chiado Editora), A Vida Em Poesia II (Helvetia Edições).

Como chegou a AMCL?

JackMichel - Enquanto meio de difusão de informações esta nobre instituição digital de cunho informativo, literário e cultural, chegou-me através dos espaços virtuais da internet.

Qual o maior desafio que enfrentou em sua vida?

JackMichel - Criar sem me influenciar sobremodo por outrem uma vez que quem faz isso precariza sua própria identidade, o que não deixa de ser uma nota introdutória ao anulamento mais ou menos voluntário.

Uma lembrança da sua infância.

JackMichel - O dia que ganhei a boneca Candy.

Uma música que marcou sua vida.

JackMichel - Air On The G String – Johann Sebastian Bach.

 Indique dois filmes.

JackMichel - Synanon (1965), Matar Ou Morrer (1952).

Quais os livros que fizeram diferença em sua vida?

JackMichel - Um Amor Para Sempre (Barbara Cartland), O Morro Dos Ventos Uivantes (Emily Brontë), Scomparsa D’Angela (Alessandro Pavolini), On The Road (Jack Kerouac), Der MythusdesZwanzigstenJahrhunderts (Alfred Rosenberg) e Motins Políticos (Antônio Domingos Raiol).


Seu hobby e o seu passatempo favorito.

JackMichel - Colecionar (já fiz coleção de moedas antigas, carros em miniatura, bibelôs de cristal) e jogar dominó.

Quais pratos que aprecia mais?

JackMichel - Sanduíche e sorvete.

Sua bebida favorita.

JackMichel - Água.

Um sonho realizado.

JackMichel - Poder estar na companhia de pessoas que se encontram noutra dimensão vibratória.

Um sonho que queira realizar.

JackMichel - Ver muitos hospitais e lares para animais abandonados.

O que te faz ser feliz de um modo geral?

JackMichel - Acreditar naquilo que meu coração me diz.

Um dia feliz e inesquecível.

JackMichel - Meu aniversário de sete anos.

Fale das suas virtudes sem modéstia.

JackMichel - Isso é algo difícil pois creio a modéstia apanágio indispensável para angariar simpatia entre pessoas. Mas posso dizer, sem nenhuma modéstia, que é uma inovação no mundo das letras duas autoras formarem um grupo literário e se divulgarem com um mesmo codinome. Até então só existiam bandas com diversos integrantes, na música. O pioneirismo posto em ação em qualquer área do cenário humano merece encômio e há que se tirar o chapéu para quem dita aforismos ou inventa a moda, com seu consumo tendencioso e igualitário. Sinto-me grata em contribuir para a avant-garde e, mesmo sendo cult, acho que o melhor ainda é ser autêntico embora a história esteja cheia de pioneiros e de seguidores ilustres: quando surgiu a Op Art logo apareceu a Pop Art; depois de Yuri Gagarin ir ao espaço, a Apollo 11 chegou à lua; após The Beatles veio em seguida The Rolling Stones; Ademar Gonzaga, fundando a Cinédia, abriu passagem para Glauber Rocha; Auguste Escoffier inspirou Paul Bocuse, o “chef do século”. Leonardo da Vinci disse “Nunca imites ninguém. Que a tua produção seja como um novo fenômeno da natureza.”.

O que acha complicado no convívio com as pessoas?

JackMichel - Saber o que elas pensam de verdade porque nem sempre o olhar ou as palavras expressam o que vai dentro do coração.

O que mais te orgulha?

JackMichel - Ser JackMichel sic et simpliciter.

Um medo, uma mania e uma frustração.

JackMichel - Catalepsia, perfeccionismo e nunca ter feito um cata-vento.

Já viveu alguma experiência sobrenatural ou inexplicável?

JackMichel - Tive muitas experiências chamadas paranormais que, para mim, são normais e explicáveis. A título de exemplo converso, através do fenômeno do sono, com pessoas que estão noutra dimensão vibratória.

Quais as suas aptidões naturais?

JackMichel - Pinto quadros a óleo e componho obras literárias e musicais.

Quando você olha para os dias atuais, acha que estamos melhores ou regredindo?

JackMichel - Eu acho que não é fácil dar bons exemplos para as pessoas neste mundo atual, onde a violência grassa e todo escândalo sorri um riso de escárnio no canto da boca. Seja como for o que se constata é que a ação agressiva dos países persegue o ranking de poderio bélico, como ratos disputam uma salsicha suspensa no garfo, os grupos terroristas e os desastres ecológicos dão as cartas, enquanto alguns poucos abaixo-assinados pedem o fim do Festival de Yulin.

Você acredita em Deus? Praticante de alguma religião?

JackMichel - Acredito em Deus, o criador do Universo, e sintonizo com os fluídos benéficos do grande infinito. E embora não professe rituais e nem faça uso de amuletos reverencio todas as crenças religiosas que existem no mundo de hoje em número tão grande que não dá para se contar nos dedos da mão.

Duas pessoas célebres para a humanidade.

JackMichel - Bezerra de Menezes e Chico Xavier.

Três pessoas que você tiraria o chapéu.

JackMichel - Jay Sebring, Mario Reis e George Best.

O que acha de seu país e do povo que nele vive?

JackMichel - Getúlio Vargas disse que “o Brasil nada teme no presente, orgulha-se do passado e confia serenamente no futuro”. Tal pensamento tem um timing incrível e me faz ver que os reveses que passamos é decorrência direta da problemática do mundo que sangra pelo nariz da economia, pela boca da educação, pelo olho social e pelo ouvido do cultural. Se as crises disparam a toda brida nos EUA e nos Emirados da Arábia, como nosso país ficaria ileso deste efeito borboleta? Afinal de contas, a lógica comunicacional e a hermenêutica moderna são factíveis de serem empregadas em tudo e algo mais.

Deixe aqui dois desejos se fosse possível realizá-los.

JackMichel - Ter meus livros traduzidos para outros idiomas e vê-los reproduzidos nas telonasdo mundo inteiro. As adaptações de livros para o cinema são um insightse o livro escolhido for fantástico. Na verdade todas as expressões de arte estão muito próximas umas das outras e não é a toa que as musas da dança, da música, da tragédia e da comédia viviam juntas no monte Olimpo, segundo a mitologia grega. Com a escrita e o cinema não é diferente. Alguns dos mais afamados cineastas conheceram seus triunfos servindo-se do conteúdo de obras literárias. Para ilustrar a questão cito o icônico Rosemary’s Baby, um romance de Ira Levin publicado em 1967, que teve roteiro escrito pelo seu diretor Roman Polanskyi e é considerado um clássico dos filmes de terror da década de 1960.

Sua filosofia de vida e uma frase que possa defini-lo

JackMichel - Procuro mais fazer que falar. Definição em frase: “Escrever é viver.”.

Se pudesse recomeçar a sua vida, o que faria de diferente em sua vida?

JackMichel - Não rasgaria tantos manuscritos, entre poesias e contos, que destruí por irreflexão.

O que desperta a sua compaixão?

JackMichel - Maus tratos a animais.

A vida é um constante aprendizado, quais as lições mais significativas até o presente momento?

JackMichel - Perdoar sempre e sempre recomeçar. A prática do perdão é indicada a todos os seres que são humanos, dado o elevado grau de sua mensagem de fraternidade cuja ensina que o perdão é a salvaguarda para um status de felicidade e bem-estar que pode ser auferido por quem o praticar.

O lado bom e difícil da net.

JackMichel - O lado positivo da net é, sem sombra de dúvidas, a divulgação rápida; e o reverso da moeda é o de alcançar milhares de pessoas pelo globo que pensam, sentem e agem de maneira diferente. Efetivamente o escritor tem uma responsabilidade social com aquilo que produz e influencia os meios de comunicação global com o que escreve, com o que fala, com o que faz. Carlos Marighella era poeta e chegou a ser considerado o inimigo "número um" da ditadura militar no Brasil; Alessandro Pavolini, autor do inolvidável Scomparsa d’Angela, foi pendurado de cabeça para baixo na Piazzale Loreto; Pagu, escritora e jornalista, tornou-se a primeira mulher a ser presa por motivos políticos em nosso país. Eles levaram seus pensamentos para fora das páginas dos livros.

O melhor lugar do planeta.

JackMichel - Pompeia.

Que conselhos daria para a juventude atual?

JackMichel - A juventude atual passa por um processo de retardamento enorme no que tange a ler livros; processo este que vem do social, passa pelo econômico e descamba no cultural que acaba por derruir o mito do culto às belas-letras. Mas o hábito da pouca leitura não é atributo só dos jovens, porquanto a truculência cause o alheamento que atrofia, atropela e deforma as boas qualidades das pessoas. Partindo dessa premissa diria a eles para segurarem um livro entre as mãos em vez de empunhar um revólver ou uma faca afiada.

Você publica na net para que as pessoas possam conhecer o seu trabalho?

JackMichel - Sim mas souuma escritora moderna muito voltada aos ecos do passado, id est, pertenço à geração de autores que rascunham no próprio personalcomputer e por vezes datilografo na máquina de escrever; vivo a popularização da internet, do e-mail, da globalização e do mapeamento do genoma humano, porém meus livros de ficção histórica focam casos que outrora ganharam as manchetes dos jornais e hoje jazem esquecidos.Sou de opinião que é relevante caminhar para frente sem detrimento do que passou, já que o novo existe porque o velhoo construiu.

Diga o que você acha sobre a AMCL.

JackMichel - Creio sua magnitude profícua no que concerne a divulgar arte, ser suporte de intercâmbio de ideias, talentos, criações, planos e veiculação de mensagens, prestando serviço de “culturalização” que dissemina a literatura contemporânea nos tempos de tecnologia da mídia. Bem haja.

Entrevistadora: Anne Silva

Fonte: Arquivo AMCL (Academia Mundial de Cultura e Literatura)

Biografia da autora:

JackMichel é o primeiro grupo literário na história da literatura mundial, composto por duas escritoras: Jaqueline e Micheline Ramos. São irmãs e nasceram em Belém – PA (Brasil). O tema de sua obra é variado visto que possui livros escritos nos gêneros ficção, poesia, romance, fábula e conto de fadas. Lançou Arco-Jesus-Íris (Chiado Editora, 2015),  LSD Lua1 Anjo MacDermotSorvete de Pizza Mentolado x Torpedo TomateOvo (Drago Editorial, 2016) e Papatiparapapá (Editora Illuminare, 2017). É associada da ACIMA (Associazione Culturale Internazionale Mandala), da LITERARTE (Associação Internacional de Escritores e Artistas), da AMCL (Academia Mundial de Cultura e Literatura) e da UBE (União Brasileira de Escritores). Seus contos e poemas constam em antologias internacionais bilíngues: Amor & Amore (Edizioni Mandala), Os Melhores Poemas de 2016 (ZL Editora), Faz de Conto II (Helvetia Edições), 1ª Antologia Cultive (Fast Livro), III Antologia Mulheres Pela Paz 2017 Edição Especial (Fénix), Antologia de Poesia Brasileira Contemporânea Além da Terra Além do Mar (Chiado Editora), Antologia Criticartes 2017 (Biblio Editora), A Vida em Poesia II (Helvetia Edições). Também foi destaque em diversos jornais e revistas on-line de literatura, artes e cultura como Varal do Brasil, Arca Literária, Ami, Divulga Escritor, Geração Bookaholic, Conexão Literatura, Plural, Criticartes e Philos. Participou do XXIX Salão Internacional do Livro de Turim 2016, I Salão do Livro de Lisboa 2016 e I Salão do Livro de Berlim 2016. Em 2017 tomou parte nos eventos: XVIII Bienal Internacional do Livro do Rio, 4ª Feira do Livro Livre de Buenos Aires, 31º Salão do Livro e da Imprensa de Genebra, XXX Salão Internacional do Livro de Turim, Salão Internacional do Livro de Milão, BUK Festival Literário de Modena, Feiras Literárias de Mântua, Bolonha e Roma. Conquistou o 3º lugar no Concurso Cultive de Literatura “Prêmio ALALS de Literatura” e o 1°lugar no II Festival de Poesia de Lisboa. Seu slogan é “A Escritora 2 Em 1”.

 

JackMichel em redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/escritoraJackMichel/

Twitter: https://twitter.com/JackMichel2017

Instagram: https://www.instagram.com/jackmichel2017/

Google+: https://plus.google.com/112246483579431089961

Tumblr:https://escritorajackmichel.tumblr.com/

Pinterest:https://br.pinterest.com/jackmichel2017/

 

JackMichel em vídeo:

JackMichel "A Escritora 2 em 1" PromoVideo

https://www.youtube.com/watch?v=3F8J4ck6XHU

Booktrailer Arco-Jesus-Íris – JackMichel

https://www.youtube.com/watch?v=iBjgF0DkAik&t=34s

Spot Televisivo LSD Lua – JackMichel

https://www.youtube.com/watch?v=Khg1oKH6WKo

Spot Televisivo 1 Anjo MacDermotJackMichel

https://www.youtube.com/watch?v=dmVR-jE07pU&t=31s

Spot Televisivo Sorvete De Pizza Mentolado X Torpedo Tomate - JackMichel

https://www.youtube.com/watch?v=Zn5xRdnwJvQ

Spot Televisivo Ovo – JackMichel

https://www.youtube.com/watch?v=dsBd0O_e5WI

Book Trailer Oficial da obra Papatiparapapá

https://www.youtube.com/watch?v=qbC4iWoCsTo

 

Vídeo em Destaque

linkedin

Livraria em destaque

Editoras - Portugal

Editoras - Brasil

 

 

 

 

 

 Renova Livro carto

 

 

Portal Literário - Um Mundo literário ao seu alcance