Entrevista com a poetisa Reny Lima

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)

Reny Lima é amante das letras, escreve deixando o coração falar, elevando a alma, tentando abrilhantar os versos que escreve.

Formada em Letras (Português e Inglês) e suas respectivas literaturas pela Faculdade Multieducativa em 2009, em Taguatinga (DF), exerce a função de Técnica de Enfermagem, profissão em que se formou pela Escola Técnica de Saúde de Brasília em 1989, à qual dedica boa parte do seu tempo.

Por meio de seus poemas, realiza o sonho de escrever, deixando transparecer a alma e seu coração, desnudando os sentimentos.

Boa Leitura!

 

Escritora Reny Lima, é um prazer contarmos com a sua participação na Revista Divulga Escritor. Conte-nos o que mais a encanta na arte poética?

Reny Lima - Comecei a me encantar com a escrita quando entrei na faculdade, mas não imaginava que um dia seria escritora; o que me faz encantada é colocar no papel meus sentimentos.

 

Que temas costuma abordar nos textos que você escreve?

Reny Lima - Escrevo de tudo, depende da ocasião e oportunidades; no geral escrevo mais o que sinto.

 

Você tem um estilo específico para a escrita de poema, como soneto, quartetos...?

Reny Lima - Não, escrevo de forma livre, sem muita rima ou algo do gênero.

 

O que a poesia representa para você?

Reny Lima - Todos os meus sentimentos, bons ou ruins, todo amor que posso doar.

 

Você tem participações em várias antologias; alguma em específico a marcou? Por quê?

Reny Lima - Participei da I Antologia da Academia Taguatinguense de Letras e da antologia de meus poemas, quatro volumes pela editora Beco dos Poetas.

A I antologia foi um marco no meu trabalho.

 

Como andam os preparativos para a produção do seu livro solo?

Reny Lima - Está a todo vapor e deve ficar pronto até final de setembro, com o título “Silêncio da alma”.

 

Apresente-nos um de seus textos poéticos:

A culpa é sua

Por eu te amar tanto assim, por querer você sempre perto de mim, com esse sorriso lindo, sua voz macia, olhar penetrante.

A culpa é sua por eu não conseguir te esquecer, ter você entranhado no meu ser, arraigado em meu coração, você é o oxigênio do meu pulmão, o bater do coração, alma em transformação.

A culpa é sua, por eu depois de tantos anos, ainda desenhar seu rosto na areia, escrever seu nome na madeira, sentir seu perfume nas flores, sorrir balbuciando palavras desconexas pensando em você, fazer meu ninho no seu ser.

A culpa é sua por eu não me esquecer de ti.

A culpa é minha por te amar assim.

Reny Lima

 

Além de textos poéticos, costuma escrever em outros segmentos literários?

Reny Lima - Estou começando a escrever um conto, e também iniciando alguns trabalhos de cordel.

 

Quais os principais hobbies da escritora poética Reny Lima?

Reny Lima - Ler, visitar livrarias, teatro, ficar ao ar livre e, claro, ficar com a família.

 

Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista. Muito bom conhecer melhor a escritora Reny Lima. Agradecemos sua participação na Revista Divulga Escritor. Que mensagem você deixa para nossos leitores?

Reny Lima - Para que tenham o hábito de ler, e cada vez mais pela leitura adquiram conhecimento. Que os pais incentivem seus filhos a lerem cada dia mais, pois por meio da leitura vão adquirir conhecimentos.

 

Divulga Escritor, unindo Você ao mundo através da Literatura

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

linkedin

Em destaque

logo com o ISSN

Recanto da Lusofonia logomarca

Editoras - Portugal

Editoras - Brasil

 

 

 

 Renova Livro carto

 

 

Portal Literário - Um Mundo literário ao seu alcance

 

Autor parceiro
Tito Mellão Laraya

 Imagem Tito Laraya