Minha terra, meu mar - autora Cléa Rezende de Melo

Sonho, um sonho acordada, na beleza infinda,
Do litoral de minha terra, a linha verde, ao vento,
Coqueiros, pescados, embarcação barlavento,
Sol que amorena na praia, areia que não finda!


Praia do Coqueiro, águas tépidas, transluzentes,
Não há poluição, violência, um imenso céu anil,
Um grande balneário,  a natureza prodigamente
Coroou-lhe com encantos do Atlântico no Brasil.

Cai a noite! A luz branca da lua ilumina toda orla
Prateada. Um sonido do mar nas pedras, consola
Minha nostalgia. Na rede, me deleito com a brisa

Da noite, escuto, ao longe, uma voz, que profetiza;
Saudade meu bem, saudade, uma cantiga sentida,
Dele que foi embora, uma dor maior na minha vida!

 

linkedin

Em destaque

logo com o ISSN

Recanto da Lusofonia logomarca

Editoras - Portugal

Editoras - Brasil

 

 

 

 Renova Livro carto

 

 

Portal Literário - Um Mundo literário ao seu alcance

 

Autor parceiro
Tito Mellão Laraya

 Imagem Tito Laraya