Chiado Books completa 10 anos

Há 10 anos, durante uma das maiores crises econômicas registradas na Europa, um jovem português dava os primeiros passos para aquela que seria uma das maiores e mais inovadoras editoras do mundo. Gonçalo Martins começou a editar livros em casa e passou a distribuí-los por conta própria. Recorria ao metrô de Lisboa para chegar às livrarias e apresentar as novidades aos livreiros da cidade. Com uma mochila nas costas.

Esse era o começo de um projeto editorial especial. E que continua crescendo.

A Chiado chegou ao Brasil em outubro de 2014, abrindo os seus escritórios na Avenida Paulista. Especializada na publicação de autores brasileiros e portuguesas contemporâneos, ela segue em expansão, com propostas inovadoras e parcerias dos dois lados do Atlântico.

Aqui se fala português

A proposta é simples: “Se tem um original na gaveta, nós queremos analisá-lo!”, um convite a todos os autores para que tirem suas obras do anonimato. Não há preconceito de tema, o que assegura catálogo variado. O conteúdo do original é analisado pela equipe editorial. O desafio da Chiado é fazer com que mais e mais leitores tenham acesso a autores brasileiros contemporâneos.

Alguns dos autores já venceram o International Latino Book Awards (O Grande Assaltante, de Alice Dias e Beleza Estranha, de Tércio Ribas Torres) e o Brazilian International Press Award UK 2017 (Sobre os Outros, de Ernani Lemos), além de serem finalistas de outros prêmios literários reconhecidos no país e no mundo.

Em quase 4 anos, o trajeto da filial brasileira da Chiado Books traçou uma linha ascendente. No contexto da situação econômica do país a equipe foi ampliada, para melhor atender ao crescente número de autores e à demanda de trabalho.

Participação em Grandes Eventos

A Chiado Books já participou de duas Bienais Internacionais do Livro – São Paulo (2016) e Rio de Janeiro (2017). Nessas ocasiões, promoveu sessões de autógrafos de hora em hora no estande. Na Bienal do Rio, inclusive, se realizaram duas sessões em simultâneo, o que resultou na participação de quase duzentos autores no evento. O mesmo padrão será mantido para a Bienal de São Paulo de 2018.

Democratização da Literatura

A Chiado Books dá a entender que a missão de levar a literatura a um público mais amplo, deve expandir horizontes além dos autores por si publicados. Anualmente, é lançada a Antologia de Poesia Contemporânea, para a qual são convidados todos aqueles que um dia contataram a Chiado sobre sua intenção de publicar. Independentemente se o projeto foi realizado, ou não, pela Chiado Books, para esta Antologia todos são bem-vindos a enviar o seu poema. Em 2017 o projeto resultou em 3 volumes, contemplando 1500 poesias selecionadas. No evento de lançamento, que ocorreu no Teatro Gazeta em São Paulo, compareceram mais de 900 autores, vindos de todas as regiões do país.

 

O futuro

Os planos avançam: Recentemente, a Chiado assumiu uma proposta global. Agora, a missão é democratizar a literatura ao redor do mundo. A Chiado faz 10 anos e garante que se vai tornar cada vez mais planetária.

 

 

Contato

[email protected]mail.com

Vídeo em Destaque

linkedin

Em destaque

logo com o ISSN

Recanto da Lusofonia logomarca

Editoras - Portugal

Editoras - Brasil

 

 

 

 Renova Livro carto

 

 

Portal Literário - Um Mundo literário ao seu alcance

 

Autor parceiro
Tito Mellão Laraya

 Imagem Tito Laraya