Poeta Divino Notary apresenta 'A cor dos olhos dela'

As cores dos olhos dela

Uma tem

Os olhos cor de mel,

Outra traz nos olhos

O azul do céu.

.

E há quem tem o colorido

Dos verdes bosques

Que a natureza revela,

Na sua expressa beleza

Em cada primavera.

.

Outra traz nos olhos

O brilho e a cor

Da fruta jabuticaba,

E nessas cores mais variadas

É o que fazem delas,

As mais belas e encantadas.

.

Todas elas escondem

Uma intensa erupção vulcânica,

E todas elas dançam a canção do amor

Da forma mais harmônica.

.

No seu alto estilo

De se dar e receber,

Na proeza da arte de amar

Elas desfrutam da vida,

O doce prazer de ser

Por nós tão amadas,

Fazendo valer o nosso viver.

.

Cada uma ama no seu tempo

E não tem hora e nem lugar,

Para aflorar os seus sentimentos.

Quando bate a paixão

Flutuam-se os pensamentos,

Nas asas do seu coração.

.

De dia, de noite ou de madrugada

Ela canta sorrindo e até recita poesias,

É tanta energia que jamais se acaba.

.

O seu corpo pega fogo

E afoita quase perde o fôlego,

Vibrando com o seu novo amor

Que até os seus olhos, mudam de cor.

.

DIREITOS RESERVADOS AO AUTOR.

.

((Divino Notary))

 

 

Vídeo em Destaque

linkedin

Em destaque

logo com o ISSN

Recanto da Lusofonia logomarca

Editoras - Portugal

Editoras - Brasil

 

 

 

 Renova Livro carto

 

 

Portal Literário - Um Mundo literário ao seu alcance

 

Autor parceiro
Tito Mellão Laraya

 Imagem Tito Laraya