Por onde anda Papai Noel

Me venderam a ideia linda e esperançosa na minha infância...
 
Que papai Noel carregava em seu saco vermelho, a esperança...
 
Então, quando ia chegando o natal, meu coração inocente de criança...
 
Alimentava sua visita ao me deitar, cobrindo a minha pequenina cabeça...
 
 
Adormecia sonhando acordado, não vendo a hora do dia clarear...
 
Havia um sentimento diferente neste dia, um perfume acentuado...
 
Eram pessoas nobres preparando, os assados deliciosos de natal...
 
Eu não queria outra coisa, que não fosse a revelação de meu sonho...
 
 
 
Enquanto o almoço não saia, corríamos e pulávamos nas mangueiras...
 
Mangas rosas e espadas caiam pelo chão, pois era época de colher de montão...
 
Um perfume adocicado e um gosto doce esfiapado entre os dentes...
 
Era nossa ceia de preparação, enquanto cantávamos muitas canções...
 
 
 
Diversas vezes olhava alguém chegando no portão, para visitas aos meninos peraltas...
 
Meu coração batia acelerado, na esperança de ver meus pais adentrarem no portão...
 
Confesso que sentia um pouco de ciúmes, daqueles meninos que eram contemplados...
 
Mas logo a tristeza passava, pegava a bola e íamos jogar, arrancando a unha do dedão...
 
 
 
Eu pedi tanto a papai Noel, em oração, que se coubesse em seu saco de presentes...
 
A maior esperança de um menino insolente, enfim, trazer meus desaparecidos pais...
 
Vieram muitas visitas importantes, o coral da igreja a cantar, nossos corações alegrar...
 
Não faltava amor, não faltava presentes, para esses corações penitentes...
 
 
 
Mas o tempo ia passando, sem compreender o verdadeiro significado do Natal...
 
Até que um dia, passei a enxergar diferente, que os meus verdadeiros pais...
 
Estavam bem ali na minha frente, eram pessoas maravilhosas, que cuidavam da gente...
 
Sem esperar algo em troca, doavam suas vidas preciosas, quanto o menino Jesus...
 
 
 
Elas não esperavam o Natal, um evento anual, para demonstrar seu amor...
 
Simplesmente praticavam, o verdadeiro espírito de Natal, aliviando a nossa dor...
 
Amar tantos meninos órfãos e carentes, fazendo cada dia especial e diferente...
 
Transformando aquelas pobres crianças, em pedras preciosas de grande valor...
 
 
 
FELIZ NATAL e Um Próspero Ano Novo!!!
 
 
 
Autoria: Wilson Sylvah
 
 
 

Vídeo em Destaque

linkedin

Em destaque

logo com o ISSN

Recanto da Lusofonia logomarca

Editoras - Portugal

Editoras - Brasil

 

 

 

 Renova Livro carto

 

 

Portal Literário - Um Mundo literário ao seu alcance

 

Autor parceiro
Tito Mellão Laraya

 Imagem Tito Laraya