Violação dos Ritos por Taciana Valença

Quero violar ritos
Num grito ao infinito,
Nem que seja na saga d’um amor 
Que do pranto renasce,
Nas pontadas que o coração dá,
Frio na barriga, dormência nos braços,
Confusão de emoção… boca seca,
Mas quero evitar minha morte,
Ver minha sombra a me seguir,
Lançar à sorte…
Desatar nós de marinheiro,
Fazer acordo com coveiro,
Dormir em lã de carneiro
Para não sentir o frio da noite solitária
Sem o brio do que me alimenta,
Que não haja pena nem pesares,
Pois o tredo mundo me devora em chamas,
Por isso a canção deve tocar, 
Fazer sorrir a alma,
Em transbordamento contente
Tudo para um dia sorrir dos versos d’agora
E isso é tudo, por ora
 
(Taciana Valença)
 
Taciana foto horizontalTaciana Valença:
Administradora de Empresas, Produtora Cultural, responsável pelos projetos Navegando em Poesias e Conversando Perto de Casa (que ocorre todos os quartos sábados na Livraria Jaqueira no Recife), editora da Revista Perto de Casa, que está entrando no décimo ano de circulação nos bairros da zona norte do Recife, diretora social da União Brasileira de Escritores (Recife).
 
Escreve poesias, contos, haikais e crônicas. Tem dois livros infantis lançados em 2009 (Malu em Apuros e Poesias para Crianças) e está em fase de elaboração do seu primeiro livro de poesias que será lançado ainda esse ano. Seus textos já foram publicados em antologias diversas: Câmara Brasileira de Jovens Escritores,  União Brasileira de Escritores,  Oficina Literária do escritor Raimundo Carrero,  Quarta Antologia de Poetas da Língua Portuguesa,  primeira Antologia de Contos Fantásticos, entre outros. 
 
Em 2012 teve seu trabalho reconhecido no livro Mulheres que Mudaram a História de Pernambuco, na época também pelo seu trabalho no programa Perto de Casa na TV (TV Saber), onde fazia um programa de entevistas.
 
 
 
 

Vídeo em Destaque

linkedin

Livraria em destaque

Editoras - Portugal

Editoras - Brasil

 

 

 

 

 

 Renova Livro carto

 

 

Portal Literário - Um Mundo literário ao seu alcance