Consegui uma entrevista de emprego... e agora?

Por Pedro Santos

Muitos procuram emprego e quando, finalmente, surge uma oportunidade para uma profissão de sonho, há que encarar o momento da verdade…uma entrevista de emprego com o futuro patrão ou chefe…o que fazer?!

Em primeiro lugar, nunca entrar em pânico. É necessário manter a calma e inspirar fundo, afinal se quem conseguiu essa oportunidade já chegou até aqui, não é agora que vai falhar. Para auxiliar quem se encontra nesta situação, explicarei o que deverá fazer para que a entrevista seja um êxito e assim conquistar a vida profissional que tanto deseja.

Convém e deve obter o máximo de informação possível sobre a empresa ou sitio onde quer trabalhar, tal fará com que consiga um melhor nível de preparação para responder a todas as perguntas que possam ser feitas pelo o entrevistador. Quanto mais souber sobre o sitio, onde pretende exercer a sua profissão, melhor! Pesquisar na Internet e fazer telefonemas a pessoas que possam saber detalhes importantes sobre esse lugar são dois exemplos de como conseguir informações.

A primeira impressão é sempre muito importante, ir bem vestido com roupa que lhe dê um ar profissional (como ir de fato e gravata em conjunto com sapatos no caso dos homens ou no caso das mulheres optar por ir de saltos altos com um vestido formal) é algo que contribui para causar uma boa impressão! O cabelo tem de estar penteado e lavado, as unhas cortadas, e os sapatos limpos.

É de grande importância ter toda a documentação necessária em ordem, o currículo, cartas de recomendação e portfolio são documentos essenciais que devem ser levados para a entrevista. É aconselhável levar também um bloco e uma caneta para que possa anotar informações relevantes caso seja preciso.

Não chegar tarde é também outro fator crucial. Pelo o sim pelo o não, chegar ao locar pelo menos vinte minutos antes confere a segurança de não chegar atrasado. Quando, finalmente, o entrevistado e o entrevistador encontram-se, o primeiro deve sempre cumprimentar o segundo com um aperto de mão. O telemóvel deve permanecer desligado durante a entrevista.

No que toca a responder às perguntas da entrevista, o entrevistado deve ter em mente quais as perguntas que irão emergir. “Como lida com o stress?”, “O que sabe sobre a nossa empresa?”, “Quais as suas expectativas em termos de salário?”, “Possui alguma experiencia profissional neste ramo?”, “Já alguma vez pensou em ter um negócio só seu?”. Estas são algumas das perguntas que podem ser feitas pelo o entrevistador. Enquanto um faz as perguntas, o outro nunca deve interromper quem as faz. É necessário ter em atenção (palavra a palavra) as questões feitas e em caso do entrevistado não perceber alguma ou se tiver dúvidas pode, sem problema, pedir ao entrevistador para esclarecer a sua duvida. As perguntas devem ser respondidas com honestidade e confiança.

O entrevistado deve mostrar interesse, empenho e dedicação em frente à pessoa que o está a entrevistar. Fazer perguntas sobre os projetos, o estado atual da empresa/companhia (o sitio onde pretende exercer a sua profissão), ou o que esse lugar espera de sí; fará com que o entrevistador perceba que as qualidades, anteriormente referidas, estão presentes no entrevistado.  Desta maneira, o candidato acaba por conseguir criar algum diálogo entre ele e a pessoa que pretende impressionar. O que pode jogar muito a seu favor.

Ter cuidado com a linguagem que é usada, o entrevistado tem que falar com calma e utilizar uma linguagem informal (a não ser que o entrevistador diga que pode ser mais informal com o mesmo). Expressar-se com confiança, com segurança, descontraidamente e transmitir uma imagem profissional são uma mais valia para conseguir a sua profissão de sonho.

Quanto à postura, é necessário manter a cabeça erguida, a coluna direita (sem exagero), procurar estar descontraído, de vez em quando inclinar-se levemente para a frente (passa a imagem de que o entrevistado presta a atenção ao que está a ser dito), nunca cruzar as pernas e manter sempre os pés no chão (se o entrevistado tiver algum tique de nervosismo que o faça movimentar muito as pernas, então terá que fazer um esforço para se controlar). Manter contacto visual e um sorriso perante o entrevistador são dois elementos bastante importantes. Não esquecer ainda de mostrar entusiasmo e otimismo.

No momento da despedida, fica sempre bem agradecer ao “recrutador” por ter recebido o candidato, dar um aperto de mão e despedir-se de forma cordial. E não tem mal aproveitar e pedir informações de como e aquando é que o entrevistado virá a ser contactado.

 

 

Vídeo em Destaque

linkedin

Livraria em destaque

Editoras - Portugal

Editoras - Brasil

 

 

 

 

 

Portal Literário - Um Mundo literário ao seu alcance