Cote D Azur um verdadeiro Paraíso sendo apresentada por Estevão de Sousa

Ao iniciar o percurso que liga, por estrada, Barcelona ao Principado de Mónaco, o viajante tem presente que irá percorrer perto de 700 quilómetros praticamente sempre junto ao mediterrâneo, passando por cidades como Perpignan, Narbona, Montpellier e Marselha, (segunda maior cidade francesa).

Continuando a caminho de Mónaco, encontra Toulon, onde começa a côte D'Azur, ou Riviera Francesa, numa extensão que o levará a percorrer cento e setenta quilómetros, passando por Saint Tropez, Cannes, Nice e por fim Mónaco. Ao fazer este trajeto teve, o viajante, o privilégio de atravessar a Provença - magnífica região do sul de França que tem início junto à margem do rio Ródano e se prolongar até à fronteira com Itália.
Mesmo não sendo bom observador, ser-lhe-á impossível não reparar na extrema beleza da região, habitada e visitada - especialmente no verão - por uma população endinheirada e ávida de prazeres.

Desde o desmesurado bulício de Marselha - a que não é alheio o porto, - passando pela excelência da estância de Saint Tropez, a magnificência das praias de Cannes e Nice e o glamour e exotismo de Mónaco, tudo fará com que o visitante menos avisado pense estar a viver um conto de fadas!
Aconselhamo-lo a percorrer a cote D’Azur sem pressas. Deixe o tempo correr e vá pela estrada nacional visitando a costa maravilhosa, rica em vilarejos e cidades magníficas. O recorte da costa, onde a cada canto existe uma praia encantadora a quem os pinheiros emprestam um agradável e inebriante aroma campesino, enquanto nos presenteiam com as suas afáveis sombras.
Chegados a Cannes somos levados a percorrer a croisette - movimentado passeio onde se encontra o edifício palco da realização dos maiores e mais célebres festivais de cinema. A cidade, hospitaleira, oferece-nos uma praia em cujo mar, - daquele azul eletrizante que só o mar da Côte D'Azur possui, - não podemos deixar de mergulhar.
Continuando o nosso percurso até Nice, que dista dali trinta e três quilómetros, vamos percorrendo a costa de Antibes, na qual encontramos as magníficas praias de: Cap d’Antibes, Juan les pins, não deixando de visitar a velha cidade de Antibes, desfrutando da sua característica cosmopolita e buliçosa.
Nice é uma bela e grande cidade em que é ícone a Promenade des Anglais que, seguindo à beira mar, se estende por toda a cidade, onde, nas noites cálidas de luar, apetece passear até junto do belo forte ali existente.
Quanto ao mar de Nice! Pois: que dizer mais do maravilhoso mar da Côte d’Azur?
Continuando a nossa caminhada, eis que a vinte quilómetros, encontramos: Mónaco!
Mónaco com todo o seu glamour, a sua luxúria e o seu exorbitante luxo!
Acreditem que, estar à noite, algumas horas – sim... disse horas -, junto ao Casino Monte Carlo, assistindo à chegada das damas e cavalheiros, apreciando o garbo com que se vestem, as joias que ostentam e os sumptuosos automóveis em que se fazem transportar é uma visão digna das “mil e uma noites”!
Uma vez em Mónaco, não deixem de subir ao monte onde se encontra o palácio do príncipe e de onde se tem uma vista magnífica da marina, na qual se encontram ancorados os mais belos e luxuosos iates.
Que mais teremos de lhe dizer para o levar a fazer uma das mais belas viagens da sua vida?
Vamos, venha daí!

Estêvão de Sousa
2017

 

Contato

smccomunicacao@hotmail.com

Vídeo em Destaque

linkedin

Livraria em destaque

Editoras - Portugal

Editoras - Brasil

 

 

 

 

 

Portal Literário - Um Mundo literário ao seu alcance