Reflexões sobre a criatividade e o ensino de redação de poesia para escolares

A importância do ensino de escrita de poesia serão apresentados a seguir os diversos passos para o ensino da redação desta habilidade  e reflexões sobre a educação deste tema.

O ensino de poesia deve usar questões de alto nível propostas por Bloom (1997) na fase inicial e a seguir e utilizar estas questões para  dar um treino de  redação crítica e criativa como atividades preliminares para o ensino de escrita de poesia.

    A seguir são   propostas  por Sak(2004)  que existem  três  aspectos do comportamento do professor  que podem influenciar o ensino de pensamento criativo  na sala de aula. O primeiro aspecto é o professor ser  um modelo para que os alunos se desenvolverem. O segundo  aspecto é a atmosfera em sala de aula  criada pelo professor que conduzisse o processo de criatividade . O terceiro aspecto apontado  é  o esforço do professor  em recompensar e dar o feedback para as atividades  instrucionais .Estes três  aspectos podem refletir na personalidade do aluno como a abertura intelectual do processo criativo dos escolares e  os pré-requisitos do conhecimento  que são necessários para o ensino da escrita de poesia pelo   professor quanto ao  ensino da escrita de poesia..

A leitura de literatura é importante para os estudantes  desenvolverem a  o ensino e aprendizagem da escrita de poesia .E  que a leitura de poesia e de estórias são os  pré-requisitos para o ensino   de redação de  poesia pelos alunos e que deve levar a  obter  a familiaridade e  as informações que incentivam a  criação de  poesia sendo que els são o gênero mais  popular usado quando  as crianças necessitam de hábitos de leitura. (Xerri.2013)..

           

Bloom( 1997) afirmou que o uso de questões divergentes podem levar os alunos a fazerem reflexões sobre um tema, que  é central  uso de questões divergentes podem levar os alunos a fazerem reflexões sobre um tema, que  é central no processo de aprendizagem porque permitem os alunos a desenvolverem sentimento, valorização e percepção de si mesmo. 

Neste sentido  foi encontrada   a pesquisa de campo brasileira  sobre o ensino de poesia aplicada feita por  Bragotto (1994).Esta autora  realizou o uso de poesia sobre a aquisição  desta  habilidade  Ela encontrou a obtenção dos resultados  que demonstraram o aumento significante da criatividade verbal,  da atitude positiva frente à poesia e da expressão poética, no grupo experimental em relação ao grupo de controle. Os dados sugeriram que houve um aumento da motivação dos estudantes e dos professores na análise qualitativa. E que houve  melhoria significante na expressão da poesia e que na qualidade  poética ou conteúdo  não houve modificações significantes entre os grupos usados...

Portanto, pode-se afirmar que  as questões divergentes podem ser usadas na leitura critica e criativa e suas respectivas redações para a o incentivo de expressão poética. Desse modo, os estudos acima podem usar  na fase inicial, estas estratégias para estimular a redação poética  seguida por uma fase posterior de ensino de redação de poesia tanto na sua  expressão poética  como no seu conteúdo. Evidenciou-se que o uso inicial destas estratégias facilitou a criação da expressão  desta criação. 

   Em seguida  foram dadas  sugestões, conselhos e recomendações por alguns estudiosos  e educadores sobre o ensino e a aprendizagem da escrita poética  para os escolares como Rilke ( 1984) ;Perry ( 2006 ); Patterson e Patterson (2005) ;Hughes(1996) ;Sak ( 2004),

  Alguns programas ou exercícios foram realizados por   autores como  Tucker(1997) e Green( 2007)  para  o ensino de poesia  para os alunos Todavia  houve predomínio de estudos teóricos do que pesquisas de campo. E que quase não houve  a verificação do efeito do ensino de redação de escrita de poesia para escolares.

Portanto, pode-se finalizar concluir conforme  Hussein (2017)  ao fazer z uma revisão bibliográfica nos últimos 20 anos aqui e no exterior sobree reflexões sobre este tema concluio que   os alunos leem pouca poesia em casa e na escola ,que os professores não conhecem como ensinar e a natureza dela, E que a  pratica  dos professores para o treino de poesia   não está  baseada  em  pesquisas ,que  há evidências que   apoiam a eficácia do seu ensino quanto a forma e não ao conteúdo sendo que porem  o seu ensino beneficia os alunos Também  que foram achados poucos   estudos sendo que houve  o predomínio de trabalhos  teóricos  do que  os de campo e que houve carência de pesquisas neste tema o que sugere a necessidade de trabalhos posteriores sobre este tema.

 

Referências  Bibliográficas

Bampi M. L. F. (1995). Efeitos de um Programa para desenvolvimento da criatividade na escrita. Dissertação de Mestrado. Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas.

 Bragotto, D. (1994). Programa Experimental para o Desenvolvimento da Expressão Poética em Adolescentes. Dissertação de Mestrado. Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas.

Condemarin, M. e Chadwick, M. (1987). A escrita criativa e formal. Porto Alegre: Artes 

 Hussein, C. L. (2008). Leitura Crítica e Leitura Criativa: Ensino e Aprendizagem. Rio de Janeiro: CBJE.

  Hussein(2017) Reflexões sobre a criatividade aobre o ensino de redação de poesia para escolares. Será publicado na Revista de Psicopedagogia em julho de 2017

 

Contato

smccomunicacao@hotmail.com

Vídeo em Destaque

linkedin

Livraria em destaque

Editoras - Portugal

Editoras - Brasil

 

 

 

 

 

Portal Literário - Um Mundo literário ao seu alcance